Os 10 + na Literatura e nas Ciências Sociais

abril 18, 2009 at 3:41 pm (Ditos e Notas)

lwgal1

ROMANCE


Crime e Castigo (Fiódor Dostoievski).

Ensaio sobre a Cegueira (José Saramago).

Grande Sertão Veredas (Guimarães Rosa).

Cem Anos de Solidão (Garcia Márquez).

Notas do Subterrâneo (Fiódor Dostoievski).

A Metamorfose (Franz Kafka).

Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley).

Lavoura Arcaica (Raduan Nassar).

A Paixão Segundo G. H. (Clarice Lispector).

Vidas Secas (Graciliano Ramos).

CONTO

Bestiário ( Júlio Cortezar)

Sagarana (Guimarães Rosa)

Histórias Extraordinárias (Edgar Allan Poe)

História Universal da Infâmia (Jorge Luís Borges)

Ficcções (Jorge Luís Borges)

O Perfume de Roberta (Rinaldo de Fernandes)

Contos Reunidos (Rubem Fonseca)

Morangos Mofados (Caio Fernando Abreu)

Chá nas Montanhas (Paul Bowres)

O Convidado (Murilo Rubião).


POESIA

Ficções do Interlúdio: Poesias de Álvaro de Campos (Fernando Pessoa)

Toda Poesia (Ferreira Gullar).

Poesia Toda (Huberto Helder)

Eu e Outras Poesias (Augusto dos Anjos)

Flores do Mal (Charles Baudelaire).

Sobre o Nada (Manuel de Barros).

Vento Geral (Thiago de Mello).

Teia (Orides Fontela).

Corpo (Carlos Drummund de Andrade).

Obra Poética (Renata Pallottini).

HISTÓRIA, FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS.

Casa Grande e Senzala (Gilberto Freyre)

A Escrita da História (Michel de Certeau)

Rumo a Estação Finlândia (Edmund Wilson).

Raízes do Brasil (Sérgio Buarque de Hollanda)

Boêmia Literária e Revolução (Robert Darton)

Gaia Ciência (Frederick Nietzsche)

Reflexões sobre Arte (Pierre Bourdieu)

A Invenção do Nordeste e outras Artes (Durval Muniz de Albuquerque Jr.)

Obras Escolhidas (Walter Benjamin)

A Invenção do Cotidiano (Michel de Certeau)

Anúncios

Link permanente 1 Comentário

Programação Bossa Usada Cineclube (Março)

fevereiro 26, 2008 at 10:52 pm (Ditos e Notas)

cinema.jpg

 

Programação dos cineclubes que eu participo, da associação Bossa Usada Cineclube.


PROGRAMAÇÃO: CINECLUBE MACHADO BITENCOURT

Sábado: 15/03 – Superoutro de Edgard Navarro

Sábado: 29/03 – Week-End Jean-Luc Godard

LOCAL: Sala de Cinema da AABB (por trás do ginásio)

HORA: 16H

REALIZAÇÃO: GRUPO BOSSA USADA + UEPB – DECOM + AABB

PROGRAMAÇÃO: CINECLUBE MARIO PEIXOTO

Quarta: 12/03 – O Atalante de Jean Vigo

Sexta: 14/03 – Ritual dos Sádicos de José Mojica Marins

Quarta: 19/03 – Cria Cuervos de Carlos Saura

Quarta: 26/03 – Uma Mulher é Uma Mulher de Jean-Luc Godard

Sexta: 28/03 – Pierrot Le Fou de Jean-Luc Godard

LOCAL: Auditorio do Dart UFCG

HORA: 16H

REALIZAÇÃO: GRUPO BOSSA USADA + MINC + UFCG – UAAMI

Link permanente 1 Comentário

Ditos e Notas de Alexei Torquato

setembro 16, 2007 at 6:39 pm (Ditos e Notas)

[01.] Depois da exibição do filme Signo do Caos de Rogério Sganzerla o Cineclube Machado Bittencourt traz no proximo sábado o longa Amantes Constantes, do françes Philippe Garrel. O local da exibição é o museu Assis Chateubrind e o horário será as 16 horas. Não percam!!!!!

[02.] Você sabia que o maior tradutor da lingua portuguesa de Doistoievki é o paraibano Paulo Bezerra? Pois é. Natural de Pedra Lavrada, interior do estado, ele  já traduziu entre outros títulos do escritor russo: O Idiota, Os Demônios e Crime e Castigo. Pense num estado pra nascer intelectual, visse!!

[03.]  Jarrier Alves neste mesmo blog comentando um artigo que fiz criticando a sua exposição “A César o que é de César” anunciou sua próxima exposição: “A Deus o que é de Deus”. Mais polêmica vem por aí. hehehehehehe

[04.]  Vem aí também o II Encontro da História da Mídia Regional em Campina Grande, que contará com mesas redondas, palestras, mini-curos e  grupos temáticos. Mais informações eu lhes passo meus caros no proximo Ditos e Notas.

[05.]  Sempre digo: Viver é Invivivel. Esta é plagiei da inigualavel Clarice Lispector.

[06.]  Considero a minha relação com a cidade de Campina Grande um caso de amor e ódio. Campina: uma merda que cheira é flor. Uma flor que cheira a merda. Eta cidade danada de boa e… de ruim.

[07.] “Não confunda Vazio cultural com Vadio cultural”. Grande frase do cineasta Brasileiro Cacá Diegues em épocas dificeis, porém muito criativas de Ditadura.

[08.] Em recente entrevista a um blog dos seus inumeraveis amigos intelectuais o grandioso João Matias Neto revelou que irá publicar seu primeiro livro. http://www.georgemacedo.com/2007/09/11/entrevista-joao-matias/  A obra contará com dezenas de contos e Crônicas. Esperamos que este seja o primeiro de muitos trabalhos livrescos. Viva ao Jota Matias!! O cearense mais Paraibano desta cidade.

[09.] Uma dica legal para quem gosta de Literatura é o programa radiofonico Onda Literária (Rádio Tabajara), que tem sua versão na net. Olha o link aí: http://ondaliteraria.cronopios.com.br/

[10.] Outra dica legal meus caros são os livros de um poeta que me discubriu: o portugues Heberto Helder. Expressionista, Surrealista, realista abstrato, o homem brinca com as palavras de forma incrivel. Olha um trecho: “Temos lepra na boca no instante mais negro do poema. Oh sim: a mostruosa grandeza, como quando se é criança entre as cores primitivas, descobrindo, andando.”

[11] Sem cultura, as qualidades ficam pela metade.

[12]. Suzy minha linda. Teadoro tegostoMUITO. Princesa hehehehehehehe

[13.] Há certos pensadores que nós nem concordamos muito com as suas reflexões, entretanto tudo que eles falam nos chamam atenção. No meu caso expecifico Ariano Suassuna é um exemplo. Só radicalmente contra algumas das suas posições, mas me interesso absultamente por tudo que ele diz e escreve. Este imperador das letras acredito é um gênio de ideias primitivas, mas de um senso de humor e inteligencia impecável e moderna. Viva ao Ariano!!! exemplo de intelectual orgãnico!!

[14.] Mais uma vez o Spazzio nos supreende com seus ” shows magnificos”. A casa de espetaculos  nos apresenta pela milássima vez o grupo Roupa Nova. Nada contra a banda, que com suas canções amorosas embalam corações apaixonados, mas é assim: quando não é eles, é Ivete Sangalo, quando não é Ivete é Zezé di Camargo e Luciano, ou Chiclete com Banana, ou quem sabe Avioões do forró. Perái!!! Campina Grande precisa de espetaculos músicais de maior diversidade. Os sonho de Todos nós, unioversitarios conscientes e criticos, é vermos naquele “antro sagrado” um show de um Los Hermanos, de um Chico César, de um Lenine. Mais tudo isso é sonho. Quem sabe um dia?? Rezem aqueles que tem fé!!!

[15.] Literatura: a melhor forma de não esconder nossas loucuras.

Link permanente 1 Comentário