O EVANGELHO SEGUNDO MATEUS (POEMAS PARA UM JOVEM VAGABUNDO)

agosto 24, 2009 at 1:04 pm (Poemas Avulsos)

visuais_marcelo_sahea_casando_acaso

CALÇADAS

O medo

de morrer

deixa-o feliz.

E as espadas da discórdia

exalam fadas e demônios

nas esquinas de sua pele.

Nas ruas as calçadas

são limites para as incompetências

dos seus gestos.

Ele lê Poe e Baudelaire

e caminha para Nietszche,

mas é incapaz de amar

uma flor no jardim.

O AMOR DE MATEUS

Metamorfose

Mataformosa

Metapoeta

Moça morena

De cabelo marrom.

Que habita a mente

De Mateus nas noites mornas.

Link permanente 4 Comentários