QUATRO NOTAS DE ESCRITA AUTOMÁTICA.

março 31, 2008 at 5:52 pm (Escritos Errantes)

arte-abstrada.jpg

 

 

Por Bruno Gaudêncio.

Happy end

O meu amor e eu
nascemos um para o outro

agora só falta quem nos apresente

Cacaso

 

Descobri vantagens em ser louco. Adentrar caminhos desfolhados. Sóbrias palavras ao gosto de álcool nu. Viverei pensando nas filas e vilas da minha alma, esperando tetos e netos, de uma família imbecil. Cacos de vidros de minha janela balbuciam despautérios, não só a mim, mas aos meus vizinhos calmos de ira. O ruim de causar transtornos é não agredir a todos, alguns só ficam vendo as sombras e as sobras das falhas, julgam em fuxicos metidos feitas de palavras azuis. Isso de ser poeta e moderno, ainda me causa lágrimas.

 

Os fatos nem sempre são fatos. Podem ser intestinos inteiros, tripas que bem assadas e consumidas com cachaça podem lhe tirar a vida e com saúde. Que gostoso! Argentinas não sabem o que é isso. Preciso olhares verdes. Ah isso de escrever trauma causa e calma tramas.

 

Inútil é querer ser branco, sendo todos negros e falhos quando claros de incertezas. Claros como a luva que nos retira da barriga de nossas mães infelizes em dor. Caldo grosso e amargo! Prefiro Vodka ou Rum. Mas essa história de cor ainda a de virar filosofia, nem que seja curta, daquelas de botequim ou Senzala. Baudelaire não pensou nisso quando trepou com uma bela negra em Paris, perto ou longe da Revolução. Jackson do Pandeiro era azul, eu sei disso, e Machado de Assis mais rosa dos que as bochechas do presidente da Bielorússia.

 

 

Diga o que quiser prefiro a loucura lúcida a lúcida loucura. Que minhas palavras possam nascer de meu sangue, seja de que cor ser. Pois da lucidez a bandeira o hino não me diz nada. Pois não sou brasileiro, sou de lugar nenhum. Minha terra seca eu como com farrinha. Ilusão é pensar em ler Ilusões Perdidas e não ser perdido. Vá faça…prove baratas como Clarice Lispector fez, trepe com as matas como Policarpo fez, ame a sua terra e a sua poesia, mas não se esqueça de esquecer que a loucura lúcida é superior ou não a lúcida loucura.

Anúncios

3 Comentários

  1. Miguel Barroso said,

    Os cacos pavoneiam-se às mãos que quem os materializou.eu? eu fui beber perfumes de primaveras ufanas…

  2. Jhésus said,

    Breton, é você? 😀

  3. jotamatias said,

    O melhor de toda esta loucura é não precisar expressá-la para ser sentida.
    Muito foda.
    =]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: