FRASES DE AMOR E SEXO

março 11, 2008 at 1:24 pm (Relicário de Frases)

pablo-picasso-matador-luis-miguel-dominguin-1897-pencil-on-paper.jpg

 

AMOR E SEXO

 

Amor é prosa. Sexo é poesia.

Arnaldo Jabor (1940-) Jornalista e Cineasta Carioca (Amor é Prosa, Sexo é Poesia).

 

O amor precisa do pensamento. No sexo, o pensamento atrapalha.

Arnaldo Jabor (1940-) Jornalista e Cineasta Carioca (Amor é Prosa, Sexo é Poesia).

O amor é um circuito elétrico que só se satisfaz com ligação direta.

Eno Teodoro Wanke (1929-2001) Poeta Paranaense (Numa Naice).

 

O amor é uma emoção importante, o sexo também; mas só o amor somado ao sexo constitui a emoção fundamental do ser humano.

Marina Colasanti (1937-) Escritora e Jornalista Etíope radicada no Brasil (E Por Falar em Amor).

 

O sexo é a satisfação impossível. O amor é que justifica o fato de o homem ter nascido.

Nelson Rodrigues (1912-1980) Dramaturgo e Jornalista Pernambucano (Flor da Obsessão).

SEXO

 

Dois corpos são duas possibilidades. E, se souberem, podem entre si, num ponto do dia, desencadear a aurora.

Affonso Romano de Sant’Anna (1937-) Poeta e Cronista Mineiro(O Homem que Conheceu o Amor).

 

Os pais praticam o coito e nascemos nós, os coitados.

Fausto Woolf (1941-)Critico Teatral e Escritor Gaúcho (ABC do Fausto Woolf)

 

Os ricos transam. Os pobres procriam.

Millôr Fernandes (1924-) Escritor e Humorista Carioca (Millõr Definitivo: A Bíblia do Caos).

Comida é bom, bebida é ótimo, música é admirável, literatura é sublime, mas só o sexo provoca ereção.

Millõr Fernandes (1924-) Escritor e Humorista Carioca (Millõr Definitivo: A Bíblia do Caos).

 

Se todos conhecessem a intimidade sexual uns dos outros, ninguém cumprimentaria ninguém.

Nelson Rodrigues (1912-1980) Dramaturgo e Jornalista Pernambucano (Flor da obsessão)

 

Ou a mulher é fria ou morde.Sem dentada não há amor possível.

Nelson Rodrigues (1912-1980) Dramaturgo e Jornalista Pernambucano (Flor da obsessão)

 

Dois corpos inseridos um no outro – e a sensação de que nada mais existe na terra.

Carlos Drummund de Andrade (1902-1987) Poeta e Cronista Mineiro (O Avesso das Coisas)

 

Na mulher o sexo corrige a banalidade; no homem, agrava.

Machado de Assis (1839-1908) Escritor Carioca (Esaú e Jacó)

 

Os que fazem amor não estão fazendo apenas amor: estão dando corda ao relógio do mundo.

Mário Quintana (1906-1994) Poeta Gaúcho (A Preguiça como Método de Trabalho)

About these ads

1 Comentário

  1. Ana Cristina Gomes Silva said,

    adoro esta obra!!!Só faltava aqui 1 orgão que eu gostava de ver…..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: