Ditos e Notas de Alexei Torquato

setembro 16, 2007 at 6:39 pm (Ditos e Notas)

[01.] Depois da exibição do filme Signo do Caos de Rogério Sganzerla o Cineclube Machado Bittencourt traz no proximo sábado o longa Amantes Constantes, do françes Philippe Garrel. O local da exibição é o museu Assis Chateubrind e o horário será as 16 horas. Não percam!!!!!

[02.] Você sabia que o maior tradutor da lingua portuguesa de Doistoievki é o paraibano Paulo Bezerra? Pois é. Natural de Pedra Lavrada, interior do estado, ele  já traduziu entre outros títulos do escritor russo: O Idiota, Os Demônios e Crime e Castigo. Pense num estado pra nascer intelectual, visse!!

[03.]  Jarrier Alves neste mesmo blog comentando um artigo que fiz criticando a sua exposição “A César o que é de César” anunciou sua próxima exposição: “A Deus o que é de Deus”. Mais polêmica vem por aí. hehehehehehe

[04.]  Vem aí também o II Encontro da História da Mídia Regional em Campina Grande, que contará com mesas redondas, palestras, mini-curos e  grupos temáticos. Mais informações eu lhes passo meus caros no proximo Ditos e Notas.

[05.]  Sempre digo: Viver é Invivivel. Esta é plagiei da inigualavel Clarice Lispector.

[06.]  Considero a minha relação com a cidade de Campina Grande um caso de amor e ódio. Campina: uma merda que cheira é flor. Uma flor que cheira a merda. Eta cidade danada de boa e… de ruim.

[07.] “Não confunda Vazio cultural com Vadio cultural”. Grande frase do cineasta Brasileiro Cacá Diegues em épocas dificeis, porém muito criativas de Ditadura.

[08.] Em recente entrevista a um blog dos seus inumeraveis amigos intelectuais o grandioso João Matias Neto revelou que irá publicar seu primeiro livro. http://www.georgemacedo.com/2007/09/11/entrevista-joao-matias/  A obra contará com dezenas de contos e Crônicas. Esperamos que este seja o primeiro de muitos trabalhos livrescos. Viva ao Jota Matias!! O cearense mais Paraibano desta cidade.

[09.] Uma dica legal para quem gosta de Literatura é o programa radiofonico Onda Literária (Rádio Tabajara), que tem sua versão na net. Olha o link aí: http://ondaliteraria.cronopios.com.br/

[10.] Outra dica legal meus caros são os livros de um poeta que me discubriu: o portugues Heberto Helder. Expressionista, Surrealista, realista abstrato, o homem brinca com as palavras de forma incrivel. Olha um trecho: “Temos lepra na boca no instante mais negro do poema. Oh sim: a mostruosa grandeza, como quando se é criança entre as cores primitivas, descobrindo, andando.”

[11] Sem cultura, as qualidades ficam pela metade.

[12]. Suzy minha linda. Teadoro tegostoMUITO. Princesa hehehehehehehe

[13.] Há certos pensadores que nós nem concordamos muito com as suas reflexões, entretanto tudo que eles falam nos chamam atenção. No meu caso expecifico Ariano Suassuna é um exemplo. Só radicalmente contra algumas das suas posições, mas me interesso absultamente por tudo que ele diz e escreve. Este imperador das letras acredito é um gênio de ideias primitivas, mas de um senso de humor e inteligencia impecável e moderna. Viva ao Ariano!!! exemplo de intelectual orgãnico!!

[14.] Mais uma vez o Spazzio nos supreende com seus ” shows magnificos”. A casa de espetaculos  nos apresenta pela milássima vez o grupo Roupa Nova. Nada contra a banda, que com suas canções amorosas embalam corações apaixonados, mas é assim: quando não é eles, é Ivete Sangalo, quando não é Ivete é Zezé di Camargo e Luciano, ou Chiclete com Banana, ou quem sabe Avioões do forró. Perái!!! Campina Grande precisa de espetaculos músicais de maior diversidade. Os sonho de Todos nós, unioversitarios conscientes e criticos, é vermos naquele “antro sagrado” um show de um Los Hermanos, de um Chico César, de um Lenine. Mais tudo isso é sonho. Quem sabe um dia?? Rezem aqueles que tem fé!!!

[15.] Literatura: a melhor forma de não esconder nossas loucuras.

Anúncios

1 Comentário

  1. jotamatias said,

    * Iria gastar muito tempo comentar nota por nota, mas desde já agradeço pela menção honrosa ao meu livro e à entrevista que me concederam.

    * Alguns ditos faço questão de comentar, se me derem licença:

    * O Seminário da Mídia Regional foi uma ótima iniciativa da faculdade de comunicação. Vi a programação e, confesso, fiquei muito empolgado por participar dos debates e palestras. Nunca vi tantos eventos acontecerem em tão pouco tempo. É, praticamente, um em cima do outro, sem intervalos ou repousos. E isso é muito bom!

    * Anotado, Heberto Helder. Fiquei realmente interessado pela obra do cara!

    * Concordo em gênero, número, e grau com o que Bruno disse sobre Ariano. Até porque gosto de rock… Vai dizer isso perto do véi… Mas, fico pensando se alguém não fosse tão radical quanto ele em preservar a cultural tradicional-ibérica brasileira, quem faria? E como despertaríamos para a influência cabal do estrangeirismo em nossa cultura? Ariano pode ser radical e antiquado, mas é fundamental como pensador, apesar de tudo. É uma peça que faz falta, mesmo com opiniões mastodônicas.

    * Também aguardo por um show de qualidade no Spazzio desde que cheguei aqui. Teve Biquini Cavadão. Mas de Biquini já estou abusado, é sempre o mesmo show e as mesmas músicas.

    * Literatura: a melhor forma de ser louco e fingir que não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: