Paisagem Interno III

julho 11, 2007 at 9:20 pm (Paisagem Interna)

maos19481.jpg

Naúsea

Será possível viver sem dizer eu?

em vão me tento explicar

estou sujo de morte.

O Inferno do Céu (quadro zero)

Líricos são os pássaros

que insistem em voar,

mesmo mortos nos

quadro surdos e surrealistas…

Sete chaves

das pedras que estão

nas gavetas dos meus sonhos

a única que não fere

é uma carta de amor

que eu nunca escreverei…

Errante

Hoje esta um dia morto

Hoje esta um dia morto

Hoje esta um dia morto

Hoje esta um dia morto.

A Poesia rir de mim…

Sem Sombra ou Sobra

A cor do silêncio

bebe a luz dos meus olhos

e espanta os meus sonhos –

sem sombra ou sobra

de algum simbolo simples…

***********

saboriei a morte

vendo os meus ouvidos

susurarem prantos

no espelho vazio.

O Morto

A vida é Rosa

como um cachimbo preto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: