Paisagem Interna IV

julho 4, 2007 at 5:22 pm (Paisagem Interna)

maos1948.jpg

Estes são alguns dos meus humildes poemas: 

O POETA DA ALMA DE VIDRO

O poeta com sua alma de vidro

e seus olhos de espelhos

respira a pelicula dos poros

dos seus desesperos.

FOBIAS

A Tomires Nascimento

Sinto flores nas bocas.

Sinto dores nas roupas.

Sinto cores nas calmas.

Sinto caimbras nas almas.

Sinto espelhos nas folhas.

Sinto dedos nas telhas.

Sinto lobos nas trovas

Sinto rezas nas covas.

Sinto mortes nos ventres.

Sinto sombras nas lágrimas.

Sinto estrelas nas mentes.

Sinto estranhos nas casas.

Sinto feras nas jantas.

Sinto cantigos nas fugas

Sinto chuvas nas mantas.

Sinto sopros nas nucas….

PAISAGEM INTERNA II

O silêncio me falou

que o vazio

me completa

intensamente.

A MANEIRA DE ALVARO DE CAMPOS

Adormeço sem dormir, ao relento da vida

a alma goza ou sofre o intimo tédio de tudo

Meu coração esta cansado como um mendigo vadio

sou um monte confuso de forças cheias de infinito.

Quando olho pra mim não me percebo

devo tomar qualquer coisa ou suicidar-me.

Começo a conhecer-me, não existo.

nunca fiz mais do que fumar a vida.

Quando é que despertarei de estar acordado?

trago um grande cansaço de ser tanta coisa

chego a ter vontade de ter sossego

estou escrevendo versos realmente simpáticos-

versos a dizer que não tenho nada a dizer.

CLARO ENIGMA

Antes de nascer

estavamos todos mortos.

Anúncios

4 Comentários

  1. João Aguiar said,

    Uma das grandes belezas da escrita e, sobretudo, da poesia é, em palavras, traduzir sentimentos. Melhor que isto, é em palavras, transpassar sentimentos. Bruno, meu amigo e confidente, tem em suas palavras o sincronismo que faz, nas engrenagens das letras, o movimento das sensações. Admiro-o, louvo-o, estimo-o não por sua técnica, talento ou intelectualidade mas, sim, por aquilo que se esconde em seu coração. Sim… amo Bruno e suas poesias porque elas escondem, por vezes, a beleza de um coração que milita contra a razão. E dessa luta, desse embate, é que surgem preciosidades que vão do céu ao inferno, da esperança à descrença e da vida ao suicídio numa velocidade vertiginosa. Sim… amo Bruno e suas palavras porque elas me fazem ver que a força de um homem não pode ser medida em músculos ou armas, em poder ou em autoridade, em título ou em status… sim… a força de um homem só pode ser medida pela sua infinita capacidade de surpreender nas adversidades. Sim… amo Bruno porque, a cada dia, a cada nova produção, ele continua a me surpreender… Sim… AMO BRUNO…

  2. brgaudencio said,

    Fiquei muito emocionado com suas palavras João, muito obrigado.
    O que posso te dizer é que também te amo. Te amo como Pai, mestre e amigo.
    Valeu mesmo pelo comentário atencioso e sensivel e pode contar comigo para o que dê e vier.
    abração.

  3. Kyara said,

    O q te dizer depois das palavras de João?Apenas pergunto-me:ainda ha alguma palavra a ser escrita aqui após as suas e as de João?E lembro-me de Larrosa qdo este afirma q somos textos a ser lidos, de maneiras diferentes,de forma diferente…portanto,Larrosa respondeu-me mesmo estando impresso em papel e do outro lado do Atlântico…
    E a linguagem,sem ela nao ha cultura,nao ha sujeito,nao ha conhecimento…e a arte,seja ela poetica ou se transfiguere em qualquer outra máscara,torna a vida mais colorida e saborosa…eis o sabor do que era um triste domingo p sua profa:o adocicar da suas palavras,q me deu vontade de comer,de levantar,de ver o sol e ter gula outra vez pela vida…
    SIM…tb amo bruno…SIM…tb amo joão!!!

  4. sâmala sonaly said,

    O q falar do meu amigo Bruno: que ele é um talento nato e escreve muito bem, que eu admiro a sua forma de escrever ,pois cada palavra escrita percebe-se a emoçao e entonaçao de um poeta que tem o dom de misturar palavras com sentimento!!!
    Bruno te desejo muita sorte, seus poemas como sempre são maravilhosos!!!!
    Depois das palavras de João só resta eu dizer: eu tb te amo!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: